O Távora
Pesquisa

DIA INTERNACIONAL DA PESSOA COM DEFECIÊNCIA
Por Valdir Teixeira (Professor), em 2013/12/09942 leram | 0 comentários | 273 gostam
O Departamento de Educação Especial em colaboração com o CFFH, o Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência da Câmara de Gimarães, o Departamento de Expressões e a BE/CRE assinalou o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.
Este ano subordinado ao tema, "Quebrem barreiras, abram portas: por uma sociedade inclusiva para todos."


         O Agrupamento de Escolas constitui-se de enorme e decisiva importância na área da Educação Especial. Considera-se, mesmo, de referência no apoio especializado que proporciona a cerca de setenta alunos com necessidades educativas especiais. É desiderato primeiro do Agrupamento, deste Departamento e do restante corpo docente, trabalharem com esmero, com criatividade e com muito profissionalismo para cuidarem e acompanharem estes alunos elevando, deste modo, os princípios e objetivos da Educação Especial. Falamos de quebrar barreiras e de abrir portas. Mas falamos, também, da inclusão educativa e social com destaque para a autonomia, para estabilidade emocional, bem como, para promoção da igualdade de oportunidades. Apresentou-se, também, com pertinência acrescida neste dia que se celebrou, a vontade e a necessidade de sensibilizar toda a Comunidade Educativa e todos aqueles que têm responsabilidades políticas e sociais na área da Educação Especial para um acompanhamento atento, sensível e competente das necessidades e dos direitos destas crianças.
O programa elaborado reunia atividades/eventos que inexoravelmente iriam dar forma e concretizar os nobres objetivos já referenciados.
Entre os dias onze e vinte e dois de novembro foi proposto a todos os alunos do Agrupamento que refletissem e escrevessem frases subordinadas ao tema “Ser Diferente É”, que deram origem a marcadores e a uma exposição com os melhores trabalhos. Procedeu-se, Também à realização de marcadores de natal.
No dia três os nossos alunos com necessidades Educativas Especiais participaram num grandioso e glamoroso espetáculo no grande auditório do Centro Cultural Vila Flor com atuações exemplares de jovens da CERCIGUI, das escolas e de outras instituições do nosso concelho de Guimarães, sempre com o espírito e a vontade de enfatizar que é necessário romper barreiras, abrir portas: por uma sociedade INCLUSIVA para TODOS.
Nesse mesmo dia, três, pelas dezoito horas, o Centro de Formação Francisco de Holanda, em articulação com o Departamento de educação especial do Agrupamento de Escolas Fernando Távora, promoveu a Palestra: “Expressão com sentidos, Educação dos sentidos” no auditório da Escola Secundária Francisco de Holanda. A sessão teve como objetivo sensibilizar os agentes educativos para as potencialidades dos recursos artísticos em contexto de sala de aula e teve como destinatários: Educadores; Professores; Pais/EE; Assistentes Operacionais e outros interessados. As oradoras convidadas para a sua dinamização foram as credenciadas professoras: Ana Salgado - "As artes ao serviço da inclusão" e Susana Afonso - “A estimulação da criatividade nos alunos com necessidades educativas especiais”.
Na tarde deste dia na biblioteca da escola sede a professora Luísa Nogueira proporcionou aos alunos um momento de magia com a apresentação de um conto que deu a estes jovens a possibilidade de darem cor, alegria e expressividade aos sentidos, refletidos nos simples e sinceros sorrisos. A esta animada e criativa atividade seguiu-se um delicioso lanche que a todos deu aconchego e satisfação.
No dia quatro realizou-se a pintura de um mural com as frases escritas pelos alunos da escola alusivas ao dia. E assim as paredes da “sala de atividades da vida diária” passaram a ter mais significado e ficaram muito mais bonitas.
Chegado o dia cinco e o escritor Miguel Borges Silva autor da obra “Uma História Cheia de Cor” visitou as escolas do primeiro ciclo e a todos deliciou e encantou com momentos muito simpáticos, divertidos e plenos de sensibilidade. Houve, também, uma exposição de trabalhos realizados pelos alunos e suas famílias com o tema: “ As cores do Arco Íris também são todas diferentes (baseado na obra de Miguel Borges Silva).
Por fim, destaque para a presença dos nossos alunos no estádio do Vitória. Entraram no relvado acompanhados dos briosos jogadores do Vitória Sport Club no jogo com o Belenenses. Houve grande emoção. Os alunos rejubilaram e os jogadores ficaram sensibilizados.
Consequente com este espírito, estes dias mobilizaram alunos, professores, assistentes operacionais, pais/encarregados de Educação e outros técnicos especializados, que de forma colaborativa criaram momentos de muita alegria e de grande animação; proporcionaram espaços de reflexão, de comunicação e de formação.
Foram produzidos agradecimentos especiais àqueles que visitaram o Agrupamento e disponibilizaram simpatia, empatia, experiência, conhecimento e, sem dúvida, o tornaram mais rico.
Reconheceu-se e agradeceu-se, também, aos promotores deste evento a excelência da organização e o facto de terem proporcionado a todos os alunos momentos de convívio, de alegria, de dignidade e de solidariedade.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário
 




Top Artigos: Amor de Mãe